Empresas familiares apostam em franquias

O número de empresas familiares vem se multiplicando no país. E não se tratam das tradicionais grandes empresas familiares, mas de pequenos empreendimentos que são administrados por membros de uma mesma família. Um estudo feito pela Family Business Survey, da PwC (rede de firmas independentes de consultoria), apontou que 85% dos participantes sinalizaram um crescimento para o ano de 2022. A grande tendência para este ano é o investimento em pequenas franquias que, por já possuir um modelo próprio de empreendedorismo, facilita a administração pelos membros de uma família.

No relatório da ABF (Associação Brasileira de Franchising), pesquisa de desempenho do segundo trimestre de 2021 revelou que o setor de franquias teve um crescimento de 48,4%, atingindo um faturamento de R$ 41,1 bilhões. E a expectativa é de crescer ainda mais neste semestre de 2022.

“Investir em um negócio de franchising é mais vantajoso, oferece estabilidade financeira e um bom custo-benefício”, diz Thiago Busignani, gerente administrativo do Cebrac. “Mas antes de investir é necessário decidir em qual área seguir, e que você e sua família se sintam satisfeitos e felizes em trabalhar juntos. Ter um negócio em família exige o comprometimento dos envolvidos para que todos os processos fluam adequadamente e próspero”.

As empresas familiares estão optando pelas franquias por oferecerem reserva maior de segurança e retorno mais rápido. Segundo a ABF, 80% dos negócios não duram mais do que 5 anos, no entanto, no segmento das franquias o índice cai para apenas 20%.

O segredo é distribuir bem as responsabilidades entre cada familiar: cada um cuida de uma coisa. E é exatamente nesse contexto que as coisas começam a complicar.

“Ter um negócio próprio é o sonho de muitas pessoas, porém, nem tudo são flores. Uma vez à frente de uma empresa, você toma muitas decisões, gerencia diferentes processos e vence muitos desafios em um único dia”, alerta Glauco Furlan, que tem uma empresa familiar baseada em franquia, em Juazeiro no Norte-CE. “Mas é grande o prazer de ter uma equipe formada por pessoas da família, as quais estarão contigo em todas as situações e com as quais você pode dividir estratégias, frustrações e de quebra contar com o apoio irrestrito nos momentos para gerenciar uma crise na empresa, assim o caminho fica muito mais leve e interessante. Sem dúvida, meu sonho ficou bem mais colorido com a presença da minha esposa e minha filha na gestão do negócio.”

Com o mundo passando por tantas dificuldades econômicas, um negócio 100% familiar pode ser a solução para iniciar um empreendimento rápido.

Fonte: Terra.